Com reajuste abaixo do aprovado, passagem em Maceió será R$ 3,15

 maceio

A passagem de ônibus em Maceió custará R$ 3,15 a partir de domingo (10). O valor é menor que os R$ 3,35 pedidos pelas empresas e menor que os R$ 3,20 aprovados na quarta-feira (06) pelo Conselho Municipal de Transportes (CMT).

Com o reajuste de 14,54%, a tarifa em Maceió teve percentual de elevação menor que a aplicada em Aracaju, onde a passagem de ônibus aumentou 14,81% e já subiu de R$ 2,70 para R$ 3,10. A medida deve ser publicada na edição desta sexta-feira (08) do Diário Oficial do Município (DOM).

O aumento menor que R$ 3,35 pedidos pelas empresas de ônibus da capital e menor que os R$ 3,20 pedidos pelo CMT atende ao percentual da tarifa técnica apresentado pela SMTT (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito), que na reunião de quarta-feira do CMT trabalhou para que a nova tarifa fosse de R$ 3,15. Os R$ 0,05 pedidos em virtude da depredação e incêndio criminosos de ônibus na capital foram negados pela Prefeitura.

“Infelizmente, o país vive um surto de inflação com aumento geral de preços e, neste caso, do óleo diesel e dos demais insumos do transporte. Os rodoviários também tiveram aumento salarial e conquistas trabalhistas. Com a atual crise econômica do país e de todos os preços, era praticamente inviável não conceder reajuste” afirmou Tácio Melo, superintendente da SMTT, com exclusividade ao Cada Minuto.

A decisão pelo novo valor foi tomada na noite desta quinta em reunião na Prefeitura de Maceió. O prefeito Rui Palmeira exigiu das empresas que atual na capital e venceram a licitação o começo da integração temporal já no próximo dia 25 de fevereiro.

Integração começa em duas semanas

Com a integração daqui a duas semanas, já a partir do dia 25 de janeiro, os usuários poderão pegar mais de um ônibus na mesma direção pagando uma só passagem. A integração começa agora em fase de testes e entre as empresas dos mesmos lotes concedidos na licitação dos ônibus realizados pelo município. Em abril a integração será total no sistema.

A maioria dos ônibus já circula em Maceió, provisoriamente, com as cores dos lotes nos parabrisas. As cores são são azul, verde, vermelho e amarelo. A partir do dia 25, um usuário que, por exemplo, descer da parte alta para a parte baixa em um ônibus com cor vermelha, poderá descer no caminho e pegar um ônibus da cor vermelha na mesma direção, economizando em uma hora e meia e pagando uma única passagem. Com a chegada dos ônibus zero quilometro neste ano, toda a frota será padronizada e identificada pela cor do lote.

Aumento dos combustíveis motivou aumento

O aumento do preço dos combustíveis em todo o país e em Alagoas foi um dos fatores que levaram ao reajuste da tarifa de ônibus para R$ 3,15 em Maceió. A estimativa é que a gasolina ultrapasse os R$ 4,00 (quatro reais) nos postos da capital e diesel, combustível da frota de ônibus, acumulou reajuste de 18%.

Como revelou o reportagem do Cada Minuto, ainda nesta cesta de aumentos que provocaram o reajuste, estão o aumento de 10% dado aos trabalhadores das empresas de ônibus, e mais 19% de aumento no ticket alimentação destes mesmos funcionários. As empresas ainda absorveram, sem repasse aos trabalhadores do sistema, o aumento do plano de saúde oferecido a motoristas e cobradores.

Várias capitais brasileiras começaram o ano de 2016 com o anúncio de aumento nos preços das passagens de ônibus. São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Salvador (BA), Florianópolis (SC) e Boa Vista (RR) terão reajuste a partir de janeiro.

Em São Paulo, o aumento foi de 8,57%. O preço da passagem de ônibus, metrô e trem subiu de R$ 3,50 para R$ 3,80 e a integração de ônibus e trilhos de R$ 5,45 para R$ 5,92 após um acordo entre o prefeito Fernando Haddad (PT) e o governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB).

No Rio de Janeiro, que sediará as Olimpíadas este ano, os preços das passagens de ônibus subiram de R$ 3,40 para R$ 3,80 em janeiro e estão previstos para fevereiro aumento nos preços dos trens de R$ 3,30 para R$ 3,70 e das barcas de R$ 5,00 para R$ 5,60.

Cada Minuto