Hotel de luxo simula favela para turistas “experimentarem” pobreza

O hotel de luxo que se parece com uma favela para os turistas “mais extravagantes” que querem uma “experiência de pobreza”

hotel-luxo-favela
Emoya Luxury Hotel and Spa, África do Sul (divulgação)

O Emoya Luxury Hotel and Spa, na África do Sul, tem uma atração especial para os seus hóspedes: a Shanty Town. Trata-se da reprodução de uma favela feita no resort de luxo para acomodar clientes “mais extravagantes”.
Com diária de R$ 192 (barraco para quatro pessoas), o cliente pode ter a experiência “autêntica” de viver em uma favela. O barraco é feito com os mesmos materiais das moradias originais da região.

hotel-luxo-favela1
Mas, ao contrário de um barraco tradicional – sem energia elétrica e aquecimento -, cada unidade da favela do resort tem sistema de aquecimento sob o chão e acesso à internet.
A favela de luxo recebe até 52 pessoas.
Vídeo:

Pragmatismo Político


Warning: A non-numeric value encountered in /home/storage/c/e5/3f/reportersertao/public_html/wp-content/themes/portal2017/includes/wp_booster/td_block.php on line 2017